Sem Fru-Frus nem gaitinhas o mesmo será dizer que se lixe o «politicamente correcto»... Let the show go on!!!!

10
Dez 07

 

Amor…
Gosto de pensar nesta palavra no sentido infinitamente lato da mesma.
Gosto de pensar que amor é o frio na barriga que sentia aos 18 e 20 quando me apaixonei (ou pensava que sim) pelos supostos homens da minha «vida».
Gosto de sentir que hoje aos… (uma Princesa não tem idade). É a sensação de felicidade e o aperto que sinto no coração quando olho para os que «amo» e agradeço a dádiva de poder amar e ser amada.
Mas amor é muito mais que isso…amor não pode ser só o sentimento pelos nossos…amor é olhar para uma criança na rua e abrirmos um sorriso.
Ou passar na Almirante Reis e sentirmos um aperto no coração pelos sem-abrigo.
Podemos sentir «amor» por coisas boas e más. E se o amor for grande, muito grande…é ai que as pessoas mudam as tais coisas «más» para «boas». Há quem lhes chame os movimentos por uma «causa». Eu chamo-lhe os movimentos pelo «amor».
Não sou uma pessoa «lamechas», apenas acredito nos verdadeiros valores que a vida nos trás, os bons e os maus…
Onde moro há uma feira semanal. Apesar de ser uma citadina, adoro as feiras, farturas, feirantes, pessoas. Na entrada dessa feira há uma família de feirantes, que me faz sempre sorrir e pensar no «gato fedorento» e as suas rábulas. Uma família de pessoas com «bochechas rosadas», que vendem cassetes do Quim-Barreiros, Ágata; Romana etc etc etc…Mãe, Pai e Filho… Na entrada da feira a musica não falta e a família teima em sorrir a quem passa, mesmo que estas não parem para comprar uma das suas cassetes. E nós, os que passamos por ali somos contagiados pela família e música. De modo algum aquela feira seria a mesma sem a música e aqueles feirantes sorridentes e rosados.
A capacidade de podermos sorrir com estas pequenas coisas e sentirmo-nos bem, também é amor…
Gostava de ser fotógrafa, juro que gostava…para poder partilhar e registar, estas coisas do «amor» que vejo e assim garantir que no meio da azáfama de todos os dias mais alguém vê!
 
Isto tudo para vos desejar um Feliz Natal a todos… :) e acima de tudo a capacidade para amar e a de se deixarem amar.
 
 
Da vossa (salvo) Princesa Virtual
 
Ps Eu sei que ainda falta 15 dias mas vou estar muito ocupada a preparar o perú (por acaso nem gosto muito) e como tal não gostaria de ir sem vos desejar um Feliz Natal
publicado por PrincesaVirtual às 11:20
sinto-me:

Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Mais Musica
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Os Fru-Frus que tocam...
Quem está agora a ver os Fru-Frus...
blogs SAPO