Sem Fru-Frus nem gaitinhas o mesmo será dizer que se lixe o «politicamente correcto»... Let the show go on!!!!

25
Nov 08

What are these humans doing? Dancing. Many humans on Earth exhibit periods of happiness, and one method of displaying happiness is dancing. Happiness and dancing transcend political boundaries and occur in practically every human society. Above, Matt Harding traveled through many nations on Earth, started dancing, and filmed the result. The video is perhaps a dramatic example that humans from all over planet Earth feel a common bond as part of a single species. Happiness is frequently contagious -- few people are able to watch the above video without smiling. :)


Where the Hell is Matt? (2008) from Matthew Harding on Vimeo.

publicado por PrincesaVirtual às 11:50
sinto-me:

16
Nov 08

 

É um facto…tornei-me na Princesa mais asneirenta do planeta!
 
Eu explico, geralmente não tenho grandes problemas em dizer umas «asneiritas», gosto de as dizer quando estou no meu grupo de amigos, porque me diverte e enfatiza sempre o que eu penso sobre alguns assuntos ou pessoas…
 
Digo algumas (grandes e de uma forma mais séria) quando dou um pontapé num móvel (descalça) ou quando entalo um dedo, ou quando me pisam, mas digo baixinho, se bem que são daquelas que fazem corar um carroceiro….
 
Mas agora digo alto…ahhh se digo alto….mesmo muito alto!
 
Quando??? Quando vou a guiar!
 
A condução dá conta de mim, os homens a conduzir irritam-me profundamente e as mulheres (algumas) deprimem-me…
 
As mulheres são uma «cabras» na condução, ok até tendo a concordar…mas de quem é a culpa???!!
 
Para mim é claro, a culpa é dos homens!
 
Aliás, são eles que me fazem dizer as carradas de asneiras alto…muito alto mesmo!
 
Os homens têm excesso de confiança, sendo que uma grande maioria, são mesmo o que considero «nódoas na condução»: excesso de velocidade, manobras perigosas etc etc
 
E depois há sempre aquele sorrisinho de orelha a orelha, quando deixamos o carro ir abaixo, a mão na buzina, quando não arrancamos no preciso momento que o sinal muda, ou quando o sinal muda para vermelho também buzinam, pois devíamos prevaricar e acelerar para passarem mais dois ou três (homens). E depois há as piadinhas da praxe «olha aquela naba»…se perguntamos como sabes que é uma mulher, a resposta é sempre «haveria de ser um homem??», ahhhhh e quando se confirma que é um homem, na verdade é apenas uma excepção!!!!!!
 
Mais, até tenho uns amigos homens que acham que as mulheres são umas «cabras» na condução, que nunca facilitam as entradas a ninguém e está claro que eles fazem questão de nunca facilitarem nada a mulheres (na condução)…o que me deixou a pensar!
 
Aliás, fiz questão de verbalizar alto aos meus amigos o meu pensamento, que tinha o seguinte racional, se elas são umas «cabras», vocês são, verdadeiros bodes começados por «c» e acabados em «ões» (tradução : cabrões)… Sendo que este meu racional dos «cabrões» foi fortemente discutido à hora de almoço e o das «cabras» considerado uma contestação irrevogável…
 
Lá está…desta forma sem uma consciencialização que na verdade os homens também são uns «cabrões» na condução, julgando eles que são uns «ases», origina que eu, uma Princesa diga palavrões alto…muito altoooo….e dos grandes.
 
Se bem que sempre de janela fechada, ainda não tenho uma técnica razoável de fuga e já aprendi que o pior estado de irracionalidade de um homem é na estrada ao volante!
publicado por PrincesaVirtual às 18:34
sinto-me:

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
26
27
28
29

30


Mais Musica
mais sobre mim
pesquisar
 
subscrever feeds
Os Fru-Frus que tocam...
Quem está agora a ver os Fru-Frus...
blogs SAPO