Sem Fru-Frus nem gaitinhas o mesmo será dizer que se lixe o «politicamente correcto»... Let the show go on!!!!

14
Set 07

 

No outro dia entrei num «blog de escárnio e mal dizer» em que me mencionavam e diziam qualquer coisa do tipo « Princesa Virtual, a gaja que menos gosta de homens», claro que deixei muito claro que a Princesa gosta de homens, desde que sejam com «H» …apenas mencionei isto para deixar bem claro que o facto de passar o tempo a falar das qualidades (ou ausência delas) dos Homens não faz de mim  uma-gaja-que-não-gosta-de-homens. Faz de mim uma «Exma.Sra.D.Gaja» atenta ao meio envolvente.
 
HOMENS!!!! A-PRINCESA-GOSTA-DE-VOSSEMECÊSES!!!
 
Dito isto vamos ao tema deste «post» :
 
- «As mulheres e o sexo anal».
 
Não tenho muito jeito (delicadeza, graça, etc etc) para escrever sobre este assunto, a não ser de uma forma frontal e directa, mas mesmo assim vou tentar ser suave nas palavras…
 
Como atenta ao meio envolvente, tenho reparado que não há blog masculino, não há «post», conversa, história e anedota que não mencione o torcer do nariz das mulheres a esta prática sexual, acto, modalidade, etc etc etc.
 
Das coisas que já li e ouvi, dizem ELES que as razões para o NÃO são variadíssimas e prendem-se com:
 
- Pudismos exacerbados;
- A avó condena a prática;
- O senhor padre diz que é pecado;
- Foi educada nos bons costumes da velha antiga posição de missionário;
- Prática anti-natura;
 etc etc
 
Tudo!!! (dizem eles…) desculpas inaceitáveis. Ou seja no entender deles, mulher completamente desinibida, que gosta de sexo e sem qualquer «niquinho de frigidez» …tem que gostar de sexo anal!!!
 
Pergunta a Princesa: E se o NÃO das mulheres nada tiver a ver com isso? E se as desculpas até fizerem sentido? Tipo: Não Gosto porque dói, Não Gosto porque não tenho qualquer prazer nisso, Não Gosto porque de facto não existe qualquer ponto erógeno que me dê prazer no acto da penetração anal…
 
Hmmm não??? Também não entendem???!!!!
 
Então a experiência tem no mínimo que ser justa. 
 
Troca por troca…experiência…por experiência…
 
Proponham que também eles experimentem o acto (modalidade,practica…) de penetração anal, que se desinibam dos tabus de «rabo-de-homem-virgem» é sinal de «rabo-macho-man». Ahhh e se mesmo assim não os convencerem podem sempre argumentar com, «vá lá descontrai não dói nada»... Pontos erógenos no RABO devem ter tantos como tem as mulheres (por isso essa é para descartar se eles a usarem) e depois como raio poderão dizer que não gostam se nunca experimentaram???!!! (Aqui liquidam-nos!!!)
 
Ahhhh e muito importante que os entusiastas de «sexo anal», sejam os primeiros…
 
Se bem que há sempre o risco de eles gostarem…
 
Mas como diz o velho ditado «Quem não arrisca não petisca»  :)
 
Tenham uma boa semana é o desejo da vossa (salvo seja)  Princesa Virtual
 
 
 
 
 
 
publicado por PrincesaVirtual às 22:03
sinto-me:

comentários:
Adorei o que li!
Isto é o que eu chamo de uma Princesa sem papas na língua, é assim mesmo!!

Bjokas
Ticha *(-_-)* a 16 de Setembro de 2007 às 14:35

Obrigado Patricia :) e bem vinda ao meus fru-frus :)

Bjs
PrincesaVirtual a 21 de Setembro de 2007 às 22:50

Tema interessante, mas julgo que deveria ser mais explorado. Isto porque concordo que em parte, se uma mulher diz NÃO, ai dói. Respeito totalmente. Aliás, nas raras ocasiões que tive oportunidade de tal, nunca fui eu quem sugeriu...

Agora o outro ponto... ora bem, como deves calcular, na mulher o ânus fica mesmo juntinho a zonas bastante erógenas. Não terá influência? No caso do homem parece-me que é totalmente distinto. Mas se na outra área tenho pouca experiência, nesta é zero. Mas adiante...

No fundo no fundo, o que interessa é que qd alguém diz NÃO, é para respeitar , certo?
Schlumpy a 17 de Setembro de 2007 às 18:27

Olá Shlumpy,

antes de mais bem vindo aos meus fru-frus... Quanto aos pontos érogenos ... há muitos...
E obviamente que depende de pessoa para pessoa...
Mas será que o rabo dos homens tb não fica ali juntinho de quantos uns pontos XXX... :D Bom isto sou eu a pensar com os meus botões que não percebo nada disto...

Quanto à tua ultima frase (interrogação)...estamos plenamente de acordo e julgo que a maioria dos homens sabe reconhecer um «Não» entender e ultrapassar :)

Ps não dá para explorar mais o tema neste blog de «moça» de boas familias :P



Bjs
PrincesaVirtual a 21 de Setembro de 2007 às 22:56

PRINÇUSA... comigo é, se quieres siexo anial... espera aí, eu visto o strap on e levas tu primeiro, depois, se gostares, eu levo na bolha de bom agrado!
Aragana a 17 de Setembro de 2007 às 21:44

eheheh opa só tu Aragana ... dás cabo da minha postura de pinçusa... :P

Beijinhos :)
PrincesaVirtual a 21 de Setembro de 2007 às 22:57

É o que dá andar distraído. Uns dias sem aqui vir espreitar, e a conversa já vai no sexo anal. Qualquer dia ainda havemos de ler a Princesa a escrever sobre culinária.

E está tudo muito bem dito. No sexo (anal ou não), como em muitas outras coisas na vida, tem que haver "querer" de ambos. E os motivos para o "não" (de qualquer um dos parceiros) são sempre respeitáveis. Mesmo que seja o argumento de que "a avó condena a prática". Pode ser chato, mas há que respeitar. Ou não?
Cuidado com o argumento da troca de posições. E se ele gostar? Ela tem que passar a gostar? É chato, não Princesa?

Se dá ou não prazer, cada um(a) sabe de si. Há quem diga que sim, há quem diga que não. Também há quem goste de peixe assado e quem não goste (ok, Princesa, podes usar esta deixa para um próximo post).
Beijinho
francisco a 18 de Setembro de 2007 às 10:26

Essa do teu peixe assado é uma boa dica ehehehe :D

Já vi que há homens compreensivos :P

Beijinhosss Francisco Manuel
PrincesaVirtual a 21 de Setembro de 2007 às 22:59

Mais uma vez tenho algo a apontar à tua dissertação. Em primeiro lugar os homens não utilizam as desculpas "ah ela não quer fazer sexo anal porque é pecado ou porque a avó não deixa" isso é pateta, não há um único homem que diga que a desculpa dela foi essa. Os homens sabem perfeitamente que se a mulher não o quer fazer é unica e simplesmente porque não gosta, não é preciso ser um génio para concluir que eventualmente alguem não se sinta confortável com algo a entrar-lhe no cú. Acontece que queremos fazer sexo anal na mesma. É um acto egoísta por certo mas não estúpido. Ora se tu respondes que deve haver um "tu-cá-tu-lá" de experiencias "ah se é para o cú então deixas-me enfiar aí o dedo", é aqui que te revelas enquanto mulher. E porquê? Porque chega a hora da vingança, e nada é mais feminino que vingança. Só que é uma vingança que não passa disso mesmo, é irracional e carece de propósito, porque repara; nós podemos ser egoístas ao querer fazer sexo anal mas a verdade é que o somos porque desse acto vamos retirar prazer. Ora se tu enfiares o dedo no cú dum homem retiras o prazer de ficar com um dedo a cheirar a merda. Portanto das duas uma, ou te excita teres um dedo a cheirar a merda ou então a tua vingança peca por falta de intenção válida. É a vingança sem objectivo definido, que existe apenas e só para exercer mal estar sem que daí retires qualquer tipo de benefício que não seja assistir ao mal estar alheio (leia-se masculino). E é por isso que discordo do teu post. Se tu dissesses que em troca do sexo anal existisse algo que ele poderia fazer por ti que sacrificasse os seus gostos pessoais em benefício dos teus, tudo bem. Seria válido, temos de ser uns para os outros e às vezes ver o parceiro a ter prazer acaba por suplantar a nossa falta dele. Agora meter o dedo no cú só por meter, só porque sim... não creio que seja argumentação válida. Só se gostares de ter o dedo a cheirar a merda e então aí todo o meu raciocínio vai por água abaixo. Mas eu acho que não gostas. Ora então um grande bem haja
Insolente a 20 de Setembro de 2007 às 03:49

Ai com um caraças insolente...colocas-me a rir às gargalhadas...como já me recompus...passo então a responder...

Quem te disse que eu ia colocar o meu nobre dedo em cu alheio??? era mais facil pensar num pau de vassoura a uma coisa dessas!!!!!!

E depois...troca-se o vosso «egoismo »e coisa e tal porque gostamos na mesma...pelo prazer de ver qq coisa entrar pelo vosso rabioske :D...

Como sabes pecadores somos todos...uns egoistas outros «vingativos» :D

Beijoss Insolente :D
PrincesaVirtual a 21 de Setembro de 2007 às 23:08

Upa! Upa!...
Nem se sabe bem por onde começar para comentar. Logo sexo anal?!?!? E troca por troca?!?!?! É preciso ter estômago...
Bom! Eu sou da opinião que o "não" ao sexo anal se reduz a uma questão de aceitação psicológica. O diz que dói, que não tem prazer, que é errado são tretas... (salvo raras excepções, claro!)
Uma coisa é exigir respeito, outra é adiar com tretas, senão vejamos:
Dói? Há lubrificantes!
Errado? Nos 10 mandamentos isso não é questionado, pergunto-me de onde vem esse falso moralismo!
Não tem prazer? Então não tem prazer em lado nenhum...
Etc. etc...

Deste post acho graça à questão da zona não erógena, porque que eu saiba as nádegas são uma zona erógena tanto no homem como na mulher. O ânus é rico em terminais nervosos e por conseguinte sensível, ainda por cima, este encontra-se a seguir ao períneo cuja estimulação pode ser algo de fantástico.
Como se isto não bastasse, pergunto-me que zona erógena têm as mulheres dentro da boca para gostarem de praticar o fellatio (ou aqui o argumento já não se aplica?), é que por esta ordem de ideias bastava tocar com os lábios para ambos ficarem contentes.
E se continuar com a questão dos pontos erógenos, cuidado, porque senão começamos a penetrar orelhas...
Enfim... terminando com a brincadeira, o troca por troca não se apresenta como boa perspectiva, porque qualquer homem irá apreciar a estimulação anal, devido à proximidade da próstata.

Em suma, o sexo anal é uma questão do foro psicológico, ou se aceita e experimenta (para então dizer que está a doer ou que não está a sentir prazer), ou então não aceita e que se reduza à sua condição de púdica. É que afirmar "não" sem antes tirar a prova dos nove, tem muito que se lhe diga...
É preciso muita pachorra para andar a ouvir cantigas de amigo!

Bjs
AlfmaniaK a 20 de Setembro de 2007 às 04:13

Alf...reconheço verdades e verdinhas em algumas coisas que disseste.
Pontos erógenos...há muitos...etc etc etc...
Comparaste um rabo da mulher e do homem...nomedamente a estimulação anal dos homens por causa da próstata etc etc...

Pressuponho então...que caso uma mulher se sentisse excitada por essa estimulação/penetração anal por exemplo do teu rabinho :D, era algo que não te incomodaria em aceitar :D em prol da excitação da mulher e obviamente, que não recusarias (sem tirar a prova dos nove) com a desculpa «não obrigada», sem teres experimentado :D??? Certo???

Deixando-me de brincadeiras e agora sériamente...tudo isso tem a ver com o prazer que se possa sentir...mas se alguém diz Nâo...na minha terra é para respeitar e nada tem a ver com pudismos :)

Beijos :)

PS tenho andado com tanta falta de tempo que não tive tempo de pegar fogo às tuas ultimas cuecas...mas que li li!!!!

Mas eu aceito um não como resposta!!!! Desde que legítimo. O que chateia são as pseudo-desculpas!
E sobre a troca por troca, confesso que me faz confusão, porém tenho a certeza que há outros fetiches de cariz erótico que me fazem mais confusão... isto para dizer que é bem mais fácil uma fulana violar-me com um "strap on" que cagar em cima do meu peito...
Como disse, penso que é uma questão de aceitação psicológica e não física!
Se dói? É na vossa cabeça....
:)))
AlfmaniaK a 21 de Setembro de 2007 às 23:23

ahahahahah ok Alf...deixo-te em paz...é que essa resposta é bastante boa ehehehe :)
PrincesaVirtual a 22 de Setembro de 2007 às 00:29

ehehhe... quem é que escreveu isso que tu nao gostas de homens??
sexo anal? ui... isso é tara de macho lusitano, a sério, nunca vi macho tão insistente em tal pratica!! uffa....
helluah a 20 de Setembro de 2007 às 16:19

Estava num momento de narcisimo e fui dar a local em que diziam essas coisas...pffffff tolos :D

Achas??? que os «machos» lusitanos tem essa mania eheheh :P

Beijosss :)
PrincesaVirtual a 21 de Setembro de 2007 às 23:19

Bem, porque é pecado, porque dói ou simplesmente porque não... respeitando todas as opiniões emitidas pelos comentadores anteriores e as da própria autora, não posso deixar de dizer que esta conversa cheira a merda.
Quanto à questão do – experimenta tu primeiro - talvez não seja boa ideia. Não era o primeiro "machão" que se "virava, isto é, começava a pegar de empurrão e se já deve ser difícil a uma "gaja" ser trocada por um "pito", imaginem a frustração de ser trocada por um "malho".
zé (do beco) a 20 de Setembro de 2007 às 22:55

Caro Zé do Beco,

Há conversas de «merda» que todos deviamos ter :) (de qualquer das formas esta até me diverte bastante...e considero-a mais conversa de «traseiras»)
Trocas e baldrocas...na verdade tal como referi no fim do meu post... quem não arrisca não petisca, e os riscos, fazem parte da nossa vida

:) bjs
PrincesaVirtual a 21 de Setembro de 2007 às 23:27

Estava a ver um comentário teu já com alguns dias lá no meu barraco. Dizias que um dia ainda te ia satisfazer uma curiosidade. Conta lá o que queres que te esclareça, agora fiquei curioso. Ora então um grande bem haja
Insolente a 21 de Setembro de 2007 às 05:54

Ahhhh já lá deixo a minha curisodade no teu canto :)

Bjs
PrincesaVirtual a 21 de Setembro de 2007 às 23:28

Bom Dia.... Como é que poderia explicar a minha opinião.... julgo que apenas dizendo, que não estou inteiramente de acordo contigo sobre o Sexo anal. Julgo até que na grande maioria dos casos, esse "receio", essa abstinência ao acto se deve por culpa da parte masculina. É como tudo, tem que ser bem feito, calmamente, e com acordo mutuo. Quem gostar verdadeiramente da arte do amor, certamente já leu o Kama-Sutra, ou os textos indianos do prazer, ou os védicos.... enfim.
É como o picante.... ou se gosta, ou se aprnde a gostar.ateaolimite@sapo.pt.... isto porque não sou muito entendido em blogs.
Jon a 25 de Setembro de 2007 às 11:34

Antes de mais Jon bem vindo aos meus fru-frus...
Um comentário, inteligente e simpático o teu ;)

cumprimentos da Princesa :)

Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Mais Musica
mais sobre mim
pesquisar
 
Os Fru-Frus que tocam...
Quem está agora a ver os Fru-Frus...
blogs SAPO