Sem Fru-Frus nem gaitinhas o mesmo será dizer que se lixe o «politicamente correcto»... Let the show go on!!!!

02
Out 07

 

-Está com medo?
 
-Confesso que estou um bocado preocupada…
 
-Ora não fique assim Princesa, já é uma Princesa crescida…
 
-Ahhh pois, mas sinto-me uma criança, apetece-me sair daqui a correr.
 
-Ora essa pq?! (enquanto isso ia retirando compressas, agulhas, seringas, Coisas- estranhas-e-afins-muito-pontiagudas, que não conseguia identificar, de invólucros).
 
- Estou apreensiva…a viver intensamente por antecipação…
 
-Ahhh vamos já tratar disso…
 
-Estou em pânico, quando vejo sangue fico mal disposta, e apesar de ser uma pequena cirurgia…é estranho…
 
-Ahhhhh estranho é!!!! Mas não se preocupe, não disse à pouco que tinha feito a operação à vesícula e que lhe fizeram 3 buraquinhos na barriga??? Eu vou-lhe fazer 3 buraquinhos no crânio. ( A conversa ainda se prolongou por uma dissertação de pessoas com tensão baixa, batimentos de coração, desmaios etc etc…)
 
-……. (o meu silêncio e a minha cara de pânico, deve ter revelado o quanto aprecio em situações de stress, o humor negro dos médicos!!!)
 
-Estava a brincar, vá deite-se aqui na maca…mas olhe tire a blusa…
 
- Tiro a blusa???!!!
 
-Sim que isto geralmente deita um bocado de sangue…e não queremos, que suje a blusa.
 
-…… (silêncio - enquanto tirava a blusa pensei…isto deve ser humor negro «again», então ainda há pouco lhe disse que ficava mal disposta com sangue!!!)
 
Anestesia, pica aqui, pica ali…conversa circunstancial, algumas interpelações minhas em como devia ter trazido uns tampões para os ouvidos, mais humor negro…e enquanto isso estava a transpirar que nem uma louca, estando literalmente colada à maca, tal era o pânico que sentia! A determinada altura senti que algo estranho estava no meu nariz…
 
-Doutor, eu acho que tenho sangue a pingar na ponta do meu nariz…
 
-Tem?!! Olhe, finja que está numa praia e que isso são gotas de água… deixe ver, finja que acabou de sair da água agora…Não se preocupe que esse sangue não lhe faz falta nenhuma!!!
 
-……….(silêncio - Inspirei longamente enquanto mexia os pézinhos de apreensão…)
 
Por fim resolvi relaxar, não tinhas grandes hipóteses,  aquela velha «se não podes lutar contra eles, só te resta juntar a eles» estava a passar em rodapé. Por isso só me restou apreciar o momento e pensar que aquilo era perfeitamente normal. Que ter sangue na ponta do nariz era o meu dia a dia, que sentir alguém a tentar arrancar parte do meu cérebro também era, que sentir que era um pedaço de macramé (para quem não sabe é aqueles paninhos para bordar) e que alguém a fazer ponto de cruz na minha «tola» era a coisa mais banal do mundo!!!
 
Não sei como, mas consegui!!!!! E mesmo nessa situação «lastimável» consegui gracejar e rir…
 
Às vezes consigo exceder-me a mim própria e surpreender-me…Nestas pequenas coisas chego à conclusão que os nossos limites são de facto um mistério e apenas quando somos forçados a testá-los os conseguimos descobrir…
 
@Um resto de boa semana para todos  são os desejos da vossa (salvo seja) Princesa Virtual
 
 
(PS ahhhh e para além de uma dor de cabeça estou bem!!!)
publicado por PrincesaVirtual às 22:13
sinto-me:

comentários:
minha querida Princesa welcome back... Gostei deste seu textozito, mas é quase tão irresistivel quanto agua quando tenho sede. E tão dificil não fazer uma piada daquelas irritantes, mas ... diga-me lá...foi transplante total, foi so um bocadinho...o que é que substituiu? Conte lá. ehehe!

Sonhos de que afinal ha esperança

Agora sério minha querida (salvo seja) espero que esteja bem e que a dor de cabeça passe rapido
Sonhador de Alpendre a 2 de Outubro de 2007 às 23:27

Normalmente só percebemos o quanto podemos suportar quando somos testados...

Bem, mas q essa não foi agradável, ai isso não foi não senhora! As tuas melhoras.

Beijocas e obrigado :)
Alexandra a 3 de Outubro de 2007 às 00:25

É exactamente o que eu descobri. Nós não fazemos ideia do nosso potencial, mas tendemos a subavaliá-lo.
Para a dor de cabeça, recomendo sexo. :D

Beijos e as melhoras.
htsousa a 3 de Outubro de 2007 às 10:18

Que impressão gaja... mas afinal 3 furinho na carola para quê?
Estás assustar-me!
Aragana a 3 de Outubro de 2007 às 12:17

Através de mão amiga venho aqui solicitar-lhe uma visita ao nosso humilde blogue http://modelkitoeiras.blogs.sapo.pt e pedir-lhe uma história sua com brinquedos.

saudações
modelkitoeiras a 3 de Outubro de 2007 às 12:37

Ahahahahahaha!!!
Não podia estar menos de acordo: nessas situações NUNCA me transcendo. Never. Ao contrário dos que se transcendem, fico sempre muito aquem daquilo que penso que são os meus limites: toda a minha "cagacice" (para não dizer mariquice) vem ao de cima, elevada ao décimo expoente.
Ok, Princesa....já te estou a "ler" por antecipação: "Homens...humpffff!!".
Seja...homens!
Adiante. Que as melhoras sejam rápidas e que essa dor de "testa" passe rápido. E, como li em comentário de outrem: espero que não te tenham tirado nada de essencial!
Beijinho e boa semana também para ti.
francisco a 3 de Outubro de 2007 às 14:45

óbalha-meDeus!!! Mas afinal já andam a esburacar a cabecita da Princesa?!??!? Tadinha... e para além dessa dor de cabeça, não há mais efeitos secundários?! É que até eu transpirei e fiquei nervosa a ler a descrição da coisa!
Um beijinho grande e rápidas mmelhoras! Que tenha sido um problema resolvido por completo.

Beijinhos
Lurdes a 3 de Outubro de 2007 às 20:33

Querida Princesinha, espero que esteja melhor dessa cabecinha! Passei para a informar que a inclui num desafio que me fizeram. Mesmo que não lhe apeteça dar continuidade à coisa, vá espreitar o que digo sobre si...
Beijinhos e bom fim-de-semana!
(Gosto da musiquinha!!!)
Lurdes a 4 de Outubro de 2007 às 20:21

Querida Princesa!
Mas os tais 3 furinhos foram para que situação.
Sabe Vª Alteza que sou do ramo e também eu não me habituo ao humor negro dessa classe habituada a dizer que entende porque os doentes habitualmente estão a dormir...
Espero que se encontre em franva recuperação!
Beijos
Maria Papoila a 3 de Outubro de 2007 às 21:33

Receei avançar com a minha curiosidade para saber de que se tratou em concreto a intervenção... falta de juízo? Juízo a mais? Fru-frus soltos? Enfim... Mas já vi que não sou o único a perguntar, afinal, que cirurgia foi essa?

Em relação ao medo, gosto! Gosto de ter medo do que não conheço. Porque esses são os limites mais emocionais que consigo distinguir racionalmente, e não são algo que nos surpreenda.
Detesto ser surpreendido por limites que ignoro totalmente até ser confrontado por eles.
Em relação às intervenções médicas, ou outros receios semelhantes, vou sempre com o mesmo espírito: Parto do princípio que estou em boas mãos e prontos. Cedo ou tarde terei que encarar a situação. Adiar não é solução!!
... etc e tal!

Este comentário já vai longo, e no fundo o meu propósito era só dizer que tenhas uma boa recuperação, e aquelas cenas bonitas que se dizem, porém sentidas!
Bjs
AlfmaniaK a 4 de Outubro de 2007 às 13:12

Isso é que foi um momento cheio de stress, bolas...

Mas já passou verdade?

Beijos e bom fim de semana :)
Lobaaaaaaaaaaaaaaaa a 4 de Outubro de 2007 às 14:07

Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Mais Musica
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Os Fru-Frus que tocam...
Quem está agora a ver os Fru-Frus...
blogs SAPO