Sem Fru-Frus nem gaitinhas o mesmo será dizer que se lixe o «politicamente correcto»... Let the show go on!!!!

01
Jul 08

 

Na semana dos feriados de Junho, rumei para Paris…Uns dias na EuroDisney e uns dias em Paris de França…
Confesso que adorei Paris, a EuroDisney também está claro, mas o impacto do deslumbramento não aconteceu, uma vez que já conhecia o PortVentura um parque de divertimentos temático, que fica em Terragona perto de Barcelona.
Precisava de mais uns dias em Paris…Paris soube-me a pouco…mas felizmente não me decepcionei, estava tudo…tudinho á…até a Monalisa no Louvre…se bem que era expectável que ocupasse mais espaço na enorme parede onde está em exposição.
Mas valeu a pena…e Paris é sem dúvida para revisitar e redescobrir…
Num dos dias de visita a Paris em que me dirigia para visitar «Des Invalides», fui abordada por uma voz que gritava «madame…madame…». Voltei-me surpresa e vi um homem a dirigir-se a mim. O meu Francês é muito parco, especialmente a falar…sendo que pouco o exercitei desde que sai da escola, apesar de conseguir dizer algumas frases, sinto-me sempre constrangida.
Mas dizia eu que um homem gritava «Madame…Madame » e dirigia-se a mim, soava bem…aquele Madame… chiquérrimo...
Aproximou-se de mim e perguntou «Madame la par hasard perdu cet anneau?» e abriu a mão mostrando uma enorme aliança de ouro…
Abanei a cabeça e disse «Non…Non» ia-me embora, quando ele me interpelou novamente, tentando-me mostrar uma inscrição pequenina no anel, aproximei-me e não sei como ele passou-me aquela grossa aliança de ouro para a minha mão.
Comecei novamente a dizer que Non…Non e tentei devolver-lhe a aliança…foi quando o jovem para meu espanto me fechou a mão e disse «Il est un cadeau de bonne chance et de bonheur pour vous ... un rappel de Paris ...» e dá-me uma beijoca sonora na mão, voltando-me de seguida as costas.
 
Abri a mão, olhei para ele, olhei em redor para confirmar se não via alguma senhora à procura de um anel e de seguida ainda estupefacta, continuei o meu caminho que era contrário ao do rapaz….
 
Foi quando ouvi novamente «Madame…Madame…» e na rápida converseta em Francês, percebi que afinal havia uma contribuição monetária pelo «cadeau»…
 
É claro que lhe passei o anel para a mão e segui o meu caminho…nem vos passa pela cabeça o número de fulanos que vi a utilizar esta técnica em Paris…sempre mulheres isoladas, distraídas…turistas como a JE!
 
Bolas….fiquei lixada…é que parecia que por momentos estava a reviver um anuncio antigo de um desodorizante, em que o slogan era mais ou menos o seguinte «…E se um dia um estranho lhe oferecesse flores???  Isso era... 
Eu a inteligente, intuitiva, perspicaz cai no conto do vigário…ai ai Princesa!
 
 
 

 

publicado por PrincesaVirtual às 16:11
sinto-me: TóTó...

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
blogs SAPO