Sem Fru-Frus nem gaitinhas o mesmo será dizer que se lixe o «politicamente correcto»... Let the show go on!!!!

14
Set 07

 

No outro dia entrei num «blog de escárnio e mal dizer» em que me mencionavam e diziam qualquer coisa do tipo « Princesa Virtual, a gaja que menos gosta de homens», claro que deixei muito claro que a Princesa gosta de homens, desde que sejam com «H» …apenas mencionei isto para deixar bem claro que o facto de passar o tempo a falar das qualidades (ou ausência delas) dos Homens não faz de mim  uma-gaja-que-não-gosta-de-homens. Faz de mim uma «Exma.Sra.D.Gaja» atenta ao meio envolvente.
 
HOMENS!!!! A-PRINCESA-GOSTA-DE-VOSSEMECÊSES!!!
 
Dito isto vamos ao tema deste «post» :
 
- «As mulheres e o sexo anal».
 
Não tenho muito jeito (delicadeza, graça, etc etc) para escrever sobre este assunto, a não ser de uma forma frontal e directa, mas mesmo assim vou tentar ser suave nas palavras…
 
Como atenta ao meio envolvente, tenho reparado que não há blog masculino, não há «post», conversa, história e anedota que não mencione o torcer do nariz das mulheres a esta prática sexual, acto, modalidade, etc etc etc.
 
Das coisas que já li e ouvi, dizem ELES que as razões para o NÃO são variadíssimas e prendem-se com:
 
- Pudismos exacerbados;
- A avó condena a prática;
- O senhor padre diz que é pecado;
- Foi educada nos bons costumes da velha antiga posição de missionário;
- Prática anti-natura;
 etc etc
 
Tudo!!! (dizem eles…) desculpas inaceitáveis. Ou seja no entender deles, mulher completamente desinibida, que gosta de sexo e sem qualquer «niquinho de frigidez» …tem que gostar de sexo anal!!!
 
Pergunta a Princesa: E se o NÃO das mulheres nada tiver a ver com isso? E se as desculpas até fizerem sentido? Tipo: Não Gosto porque dói, Não Gosto porque não tenho qualquer prazer nisso, Não Gosto porque de facto não existe qualquer ponto erógeno que me dê prazer no acto da penetração anal…
 
Hmmm não??? Também não entendem???!!!!
 
Então a experiência tem no mínimo que ser justa. 
 
Troca por troca…experiência…por experiência…
 
Proponham que também eles experimentem o acto (modalidade,practica…) de penetração anal, que se desinibam dos tabus de «rabo-de-homem-virgem» é sinal de «rabo-macho-man». Ahhh e se mesmo assim não os convencerem podem sempre argumentar com, «vá lá descontrai não dói nada»... Pontos erógenos no RABO devem ter tantos como tem as mulheres (por isso essa é para descartar se eles a usarem) e depois como raio poderão dizer que não gostam se nunca experimentaram???!!! (Aqui liquidam-nos!!!)
 
Ahhhh e muito importante que os entusiastas de «sexo anal», sejam os primeiros…
 
Se bem que há sempre o risco de eles gostarem…
 
Mas como diz o velho ditado «Quem não arrisca não petisca»  :)
 
Tenham uma boa semana é o desejo da vossa (salvo seja)  Princesa Virtual
 
 
 
 
 
 
publicado por PrincesaVirtual às 22:03
sinto-me:

Upa! Upa!...
Nem se sabe bem por onde começar para comentar. Logo sexo anal?!?!? E troca por troca?!?!?! É preciso ter estômago...
Bom! Eu sou da opinião que o "não" ao sexo anal se reduz a uma questão de aceitação psicológica. O diz que dói, que não tem prazer, que é errado são tretas... (salvo raras excepções, claro!)
Uma coisa é exigir respeito, outra é adiar com tretas, senão vejamos:
Dói? Há lubrificantes!
Errado? Nos 10 mandamentos isso não é questionado, pergunto-me de onde vem esse falso moralismo!
Não tem prazer? Então não tem prazer em lado nenhum...
Etc. etc...

Deste post acho graça à questão da zona não erógena, porque que eu saiba as nádegas são uma zona erógena tanto no homem como na mulher. O ânus é rico em terminais nervosos e por conseguinte sensível, ainda por cima, este encontra-se a seguir ao períneo cuja estimulação pode ser algo de fantástico.
Como se isto não bastasse, pergunto-me que zona erógena têm as mulheres dentro da boca para gostarem de praticar o fellatio (ou aqui o argumento já não se aplica?), é que por esta ordem de ideias bastava tocar com os lábios para ambos ficarem contentes.
E se continuar com a questão dos pontos erógenos, cuidado, porque senão começamos a penetrar orelhas...
Enfim... terminando com a brincadeira, o troca por troca não se apresenta como boa perspectiva, porque qualquer homem irá apreciar a estimulação anal, devido à proximidade da próstata.

Em suma, o sexo anal é uma questão do foro psicológico, ou se aceita e experimenta (para então dizer que está a doer ou que não está a sentir prazer), ou então não aceita e que se reduza à sua condição de púdica. É que afirmar "não" sem antes tirar a prova dos nove, tem muito que se lhe diga...
É preciso muita pachorra para andar a ouvir cantigas de amigo!

Bjs
AlfmaniaK a 20 de Setembro de 2007 às 04:13

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
blogs SAPO